Uma breve dissertação sobre Morte Súbita, ou então: “como odiar o seu livro favorito”

Cá estou eu, fazendo o que disse que nunca faria, obrigando-me a escrever a resenha de um livro que li. Mas não se preocupe, isso é apenas um caso especial, algo que venho matutando sem parar há algum tempo. Um escritor escreve para enfim parar de pensar, vomita palavras no papel digital para que elas […]