Feliciano e Deus

Está rolando por aí um bafafá dos grandes. É, claro, sobre Marco Feliciano. Para os mais desinformados, Marco Feliciano é uma espécie de deputado federal, mas ele não ficou conhecido simplesmente por causa disso, claro que não!

Feliciano ficou conhecido por dar ao Brasil um novo conceito de Estado Laico, o conceito onde o próprio Estado Laico não se encaixava. 

Devo confessar que só resolvi escrever sobre isso após ouvir no rádio uma… digamos… reclamação sobre o próprio. O bafafá (gostei dessa palavra) do momento é um vídeo de Feliciano falado que Deus matou John Lennon. Simples assim. Algo sobre o cantor ter dito em uma entrevista (de mil anos atrás) que os Beatles já estavam mais conhecidos que Jesus Cristo. Então, agora a parte mais engraçada. Foram três tiros que mataram John Lennon:

“Esse primeiro tiro é em nome do Pai,

Esse é em nome do Filho

E esse é em nome do Espírito Santo”

Essa frase pode ser ouvida no final do vídeo. Claro que, na verdade Marco Feliciano, sendo o bom pastor que é, omitiu algumas coisas, como que, por exemplo, tenham sido quatro tiros, e não três. Que na verdade foram disparados cinco mas apenas quatro acertaram o cantor. Etc, etc, etc.

Como já dizia o locutor do rádio, alguém interna esse cara!

Por ora, me considero agnóstico, pois se Deus for assim, prefiro não conhecê-lo.

“Se Deus existe, espero que tenha uma boa desculpa” Woody Allen.